04 de junho de 2014

por João “Johnny” Previattelli

 

O mundo é todo errado ou está assim porque deixamos?
Suscetíveis fracassos e vitórias mal pensadas nos levaram a isso, a esse mundo:
Onde os políticos não nos representam, mas dizem que sim. Da esquerda a direita.
Onde as polícias não nos protegem, mas dizem que sim. Da civil a militar.
Onde os professores não nos ensinam, mas dizem que sim. Da escola a universidade.
Onde os médicos não nos curam, mas dizem que sim. Da clínica ao hospital.
As eleições, as prisões, os ENEMs e os Prozacs estão ai para provar.
Seria esse o fim dos sonhos?
É isso o que suscetíveis fracassos e vitórias mal pensadas nos levaram a pensar.
Mas a realidade não passa de um espelho quebrado dos sonhos. Juntos, somos muito mais do que imaginamos.
Quantas revoluções, insurgências e evoluções não passamos durante nossas vidas? Muitas, mesmo sem percebermos.
Ainda lembro de um tempo quando não calavam nossos gritos. D dinheiro não calava nossas vontades, nem a cidade a nossa natureza. E as bocas, Ah! Essas só sabiam falar, rir e beijar. Mas não se desespere: O que nos separa desse tempo, passado e futuro, é um grito do coração. Um grito que eu dou agora.

 

10286803_328963310613586_4222667213278186131_o

Por: Flávia Siervo

A RUA GRITA

Volta Negra: a história do negro no Centro de São Paulo

Novo ciclo de caminhadas da Volta Negra começa neste sábado e tem atividades programadas para os próximos dois meses

A RUA GRITA

Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!

Criado pela Cia. Nada Pensativo, peça Cora Primavera aborda questões como transfobia e violência contra … Continuar lendo Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!