09 de junho de 2014

O meu corpo..

por Beatriz Mansano

 

O meu corpo repousado e nu sobre a cama desperta com o frio da alvorada.
As mãos agarram sozinhas o cobertor e o levam até a nuca.
Quente, agora volta a descansar desligado.
O sol entra de mansinho e deixa tudo cada vez mais claro. Abro os olhos. Hora de levantar. Espreguiço, fico de pé, espreguiça de novo.
Agora vivo em consciência (quase) plena.
Começo pela segunda vez o dia.
Quantas mais vezes o farei até que o próximo venha?

 

Captura de Tela 2557-06-09 às 20.38.57

Por: Pedro Mirilli

A RUA GRITA

Os direitos humanos frente à Cracolândia

Por: Isabel Rabelo  Problemas sociais e falta de políticas públicas abrem espaço para violações em … Continuar lendo Os direitos humanos frente à Cracolândia