07 de abril de 2015

MC Luana Hansen: ‘Redução da maioridade penal é para negros e pobres’

Rapper afirma que, caso aprovada, redução da maioridade penal vai intensificar genocídio contra a população negra

Por Patricia Iglecio

Para a MC Luana Hansen, a PEC 171, que reduz a maioridade penal para 16 anos, não é uma lei para todos, e sim para negros e pobres. Em entrevista para a Vaidapé, a rapper feminista falou um pouco sobre a condição dos jovens das periferias no tráfico.

VDP: Para você, como vai ficar a situação dos jovens da periferia caso aconteça a redução da maioridade penal?

LH: Bem, para mim, se por acaso a redução da maioridade penal seja aprovada, a periferia só tem a perder, pois o genocídio da população pobre e negra já acontece. Só vão ter mais jovens no tráfico e mais jovens negros mortos, só isso, afinal, não é uma lei para todos, e sim para nós negros e pobres.

VDP: As jovens das periferias se envolvem com o tráfico tanto quanto os jovens?
LH: Sim, o tráfico quer mão de obra e, muitas vezes, são essas as melhores condições de trabalho pra quem vem da margem da sociedade. A mídia insiste em um ser que tem que ter para ser e os jovens se espelham em quem tá mais perto.
Mas é claro que, estando em condições menos favoráveis, os jovens das periferias são os que vão morrer ou ser presos mais rápido, são os que vão, de verdade, viver o mundo marginal .
VDP: Como você enxerga o encarceramento feminino? Está aumentando?

LH: Sim, as mulheres vem cada vez mais se envolvendo neste mundo do tráfico, por sobrevivência ou para continuar o trabalho do companheiro, afinal são muitas das mulheres são o alicerce da família.

O problema também está no encarceramento, na violência institucional. As condições são precárias para quem se encontra nos presídios femininos. Sempre foi desumano, demoramos anos para poder receber absorvente na cadeia feminina, isso já mostra o descaso que existe com nós, mulheres.

Leia também: Marginal Imperatriz | Guerrilha GRR entrevista Luana Hansen

 

A RUA GRITA

Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!

Criado pela Cia. Nada Pensativo, peça Cora Primavera aborda questões como transfobia e violência contra … Continuar lendo Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!

A RUA GRITA

Volta Negra: um caminho da História de São Paulo

A caminhada acontecerá por pontos da cidade como a Praça da Liberdade, a estação Anhangabaú de Metrô e a Praça Antônio Prado. Até o século XIX, esses locais sediavam, respectivamente, a Forca, o Mercado de Escravos e a Igreja da Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos.

A RUA GRITA

Entrevistamos a rapaziada que pixou o tradicional Beco do Batman

Os coletivos PIXOAÇÃO e ARDEPIXO pixaram o internacionalmente conhecido Beco Batman que abriga obras dos … Continuar lendo Entrevistamos a rapaziada que pixou o tradicional Beco do Batman

A RUA GRITA

MINI-DOC | “Sem Saldo”

Sem Saldo é mais do que um documentário feito por estudantes secundaristas de escolas públicas … Continuar lendo MINI-DOC | “Sem Saldo”

A RUA GRITA

Menos amor, por favor

Por: Tomás Spirandelli Duarte, do blog La Sinistra* Ilustração: Pedro Mirilli Fotos: André Zuccolo e … Continuar lendo Menos amor, por favor