17 de abril de 2015

Plantologismo

plantologismo

Nessa frutidão
tornado de aromas
a coloridez do verde espalhado da mata
a florescidade da primavera
o encantamento dos cantos dos pássaros,
do rio,
do vento,
dos insetos.

a lucidez do sol
a dança das nuvens na altura do céu

que alteiam

o trançar dos galhos, a terra ventre fértil infinito, re-regado a todo tempo
o gramechimento dos vales
a borboletização da dança
o breu aquecido de lua transbordante

ruido constante

amplitucidade do completo infinito
a temperologia da mata

Poema Beatriz Mansano

Ilustra Gabriel Roemer