15 de abril de 2015

Trabalhadores de redes Fast-Food protestam por mais direitos

Na manhã desta quarta-feira (15), trabalhadores do McDonald’s e outras redes fast-food se concentraram no vão do MASP manifestando-se contra à exploração que vêm sofrendo.

Por Redação
Fotos: Victor Santos

mcdonds-3Hoje é dia de ação dos trabalhadores das redes de fast-food do mundo todo. As paralizações prometem parar o globo e já chegaram em São Paulo.

Convocado por centrais sindicais como o Sinthoresp (Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Serviços em Geral de Hospedagem, Gastronomia, Alimentação Preparada e Bebida a Varejo de São Paulo) e Contratuh (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade), vários trabalhadores já se concentram no vão livre do MASP.

Segundo os organizadores cerca de 800 pessoas já estão presentes no ato, que deve sair em marcha pela Avenida Paulista e está previsto para terminar às 14h. Os manifestantes reivindicam melhores salários e condições de trabalho

Funcionários do McDonald’s marcaram presença com cartazes e máscaras. Entre as mensagens, um chamou bastante atenção: “O BigMac mais caro do mundo paga o menor salário”.

Um dos manifestantes disse que levaram água e lanche, então ninguém precisa comprar nada no McDonald’s, caso sintam fome durante o ato.

Rolou até sepultamento do Ronaldo McDonald, como vocês podem ver na foto abaixo:

mcdonds-2
A RUA GRITA

Volta Negra: a história do negro no Centro de São Paulo

Novo ciclo de caminhadas da Volta Negra começa neste sábado e tem atividades programadas para os próximos dois meses

A RUA GRITA

Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!

Criado pela Cia. Nada Pensativo, peça Cora Primavera aborda questões como transfobia e violência contra … Continuar lendo Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!