20 de maio de 2015

Ocupação Casa Amarela abre as portas para evento multicultural

Foto: Reprodução

Da Redação

Para fortalecer a ocupação artística da Casa Amarela, no centro de São Paulo, a Vaidapé, o coletivo Ocupa Benê e as iniciativas do pessoal da A Porta Maldita e Casa do Nicola, se uniram em causa comum: um evento de resitência. A casa sofre com a tensão de um processo de reintegração de posse marcado para acontecer no mês que vem. A “Balbúrdia na Casa Amarela” chega para fazer o contraponto.

A festa acontecerá nesse sábado, 23 de maio, a partir das 14h, com entrada livre. Para compor no caldeirão artístico da ocupação uma tropa de músicos, artistas plásticos, poetas, estilistas, desenhistas e outras tantas vertentes culturais chegam para somar no casarão amarelo da rua da Consolação, número 1075.

Conheça a Casa Amarela: A casa que é de todos e não é de ninguém

A balbúrdia cultural contará com shows das bandas Dharma Sammu, Brazaman & Jungle Trio e Felipe El & Os Sarapatels, além dos seletores da festa “Na Brasa” e um espaço de sarau para que todos possam expor sua arte.

A Casa Amarela já abrigou diversos movimentos e iniciativas culturais. As portas da casa também estão abertas à quem mais quiser compor com o espaço. Para fortalecer um local de grande importância para a cidade, a união, a arte e a Balbúrdia prometem um evento multicultural para que todos possam somar, cada um do seu jeito.

Veja como vai ser:

Arena Porta Maldita

14h30 – Palco Aberto
16h20 – Braza Man & Jungle Trio
18h – Felipe EL
20h – Dharma Sammu

2º ANDAR em Brasa

15h às 22h – Brasa Seletores

Quintal Vaidapé

15h – Sarau do Forfa
Emaranhado de poesias – Lúdico

Confirme presença no evento cliacando aqui
A RUA GRITA

Os direitos humanos frente à Cracolândia

Por: Isabel Rabelo  Problemas sociais e falta de políticas públicas abrem espaço para violações em … Continuar lendo Os direitos humanos frente à Cracolândia