17 de junho de 2015

Documentário e rap tomam conta do Calçadão Cultural do Grajaú

Em mais um domingo no Grajaú, o vencedor da batalha, Thiago Durap, mandou a rima e fez a galera da praça vibrar

por Patricia Iglecio

A Vaidapé esteve, mais uma vez, no Calçadão Cultural do Grajaú, zona sul de São Paulo, no último domingo (14). O evento faz parte do projeto #GritoDoPéPreto, contou com a exibição do documentário “Mister Niteroy – A Lírica Bereta“, shows e a semifinal da batalha de rap que está rolando no Calçadão.

Para entender melhor o campeonato, leia sobre a última Batalha do Pé Preto clicando aqui

O documentário, que narra a trajetória do rapper carioca Black Allien, foi projetado ao ar livre e chamou a atenção dos que estavam na praça. Dirigido por Ton Gadioli, o filme é um copilado de registros sobre a vida e produção artística do raper e foi lançado em 2011.

Após a exibição, os artistas da praça pegaram os microfones e deram início aos shows. Primeiro, open mic com rimas do grupo Grajah. Depois, o Freelosofia Rap fez sua apresentação. Em seguida, na batalha, o vencedor Thiago Durap ganhou dos concorrentes e fez a galera vibrar.

O programa Manos e Minas, da TV Cultura, colou para fazer a cobertura da batalha. Um dos entrevistados foi o MC Thiago Durap, o vencedor da batalha – Foto Camila Boreal

Na sequência, Sonny MC, que venceu a batalha no domingo (14), também realizou um show. Depois, Netão Influência Positiva, rapper que toca um projeto de hip hop com crianças em Cotia, assumiu o palco. Para fechar, outro grupo do Grajaú, o Black Sensei mandou um rap da pesada e fechou a festa.

No próximo dia 28, o #GritoDoPéPreto vai promover um festival de bandas para fechar com chave de ouro o primeiro semestre de atividades no Grajaú. Além dos shows, Thiago Durap e Sonny MC se enfrentam na final da Batalha de Rap do Pé Preto.