17 de agosto de 2015

Pédecultivo

eles eram como uma muda de pé de fruta num vaso
os dois cresceriam, floririam
dariam os mais suculentos frutos
seria assim até o dia
que as raízes não tivessem mais para onde expandir
a terra já não tivesse mais nutrientes
então,
em dado momento,
aos poucos,
e era inevitável,
ele começaria a minguar
e as folhas amareladas secariam
iriam ao chão
até a hora que só sobraria
um pau seco e fino morto
ou, então,
antes disso,
eles poderiam,
enfim,
passar a planta para o chão
e, assim,
ela resistiria
e cresceria
ainda mais
por si só.

Poema Bea Mansano
Ilustra Flávia Siervo

A RUA GRITA

Os direitos humanos frente à Cracolândia

Por: Isabel Rabelo  Problemas sociais e falta de políticas públicas abrem espaço para violações em … Continuar lendo Os direitos humanos frente à Cracolândia