06 de agosto de 2015

O Grotesco Fantástico de Tio Bentinho

Por Camilla Di Lucca

Compositor, trompetista, artista visual. Do lápis grafite à grafitagem, os trabalhos do artista Glauber Bento – Lauzane Paulista (ZN) – trazem a tona sentimentos urbanos através da criação de criaturas de energia forte, vorazes e famintas, transmutadas em cenas quotidianas.
Também conhecido como Tio Bentinho, mistura em seus traçados o desenho particular do caderno pautado ao uso de uma poética própria, grotesca fantástica.
Conheça um pouco mais dos processos do artista

LÚDICO VAIDAPÉ: Desenha faz quanto tempo?
Tio Bentinho: Desenho desde pivete, sempre incentivado pelos pais e amigos que me acompanham.

Quais dificuldades para produzir ?
Fazer o que produzo e também conseguir resolver outras dificuldades. É uma balança entre todo o corre para produzir (estudo das ideias, materiais para realizá-las, tempo para realizá-las) e tornar a parada viável. Pra qualquer dificuldade, penso que tenho que continuar buscando inspiração (DISPOSIÇÃO) pra produzir.

 

da série Zumbis do Sistema - Glauber Bento
da série Zumbis do Sistema – Glauber Bento
output_nwi9vU

Como você busca referências no decorrer de seu processo criativo?
Os últimos trampos que fiz saíram de forma livre. Acompanho as referências que impulsionam minha produção (vivas e estão todas no corre!!) , convivendo , e quando isso não é possível, acompanho por mídia digital mesmo, instagram, facebook.
Converso com outros artistas, troco e compartilho ideias, conteúdos, faço as correrias (faz parte , pois não é só com a bunda na cadeira). São amigos de outras caminhadas com arte (desenho, graffiti, poesia, pichação, tatuagem, audiovisual, música, dança…). Meus estudos surgem dessas trocas que possibilitam influência no que eu for compor.

Que tipo de incentivo seria interessante, como artista, receber?
Pessoas dispostas a trabalhar junto. Isso amplia as possibilidades de onde o artista pode se direcionar, sua produção…

Como é  a arte para você?
No início aprendi a ver a arte como uma melhor opção de “desenvolvimento das minhas (des)faculdades mentais”. Melhor também no sentido de poder me oferecer uma formação que de maneira “acessível”. Como me desenvolvi na arte de acordo com meu contexto, me inseri nesse caminho, nesse bicho de sete cabeças, sem ser devorado por ele.

Qual a mensagem que gostaria de deixar para o nosso leitor do Lúdico Vaidapé?
Tamo junto! Eu também sou um leitor do Lúdico … Ops, além disso!! ficar antenado na produção dessa revista e nas produções dos coletivos, guerreiros(as), artistas que realizam trampos com ela (e os que não fazem também, adote um desses como amigo, sempre!)
#
Curta e veja mais em www.facebook.com/pages/Desenhos-do-tio-Bentinho

Estudos da figura Humana - Glauber Bento
Estudos da figura Humana – Glauber Bento 2015
Estudos da Figura Humana - Glauber Bento 2015
Estudos da Figura Humana – Glauber Bento 2015
Gestação - Glauber Bento Gestação (estudo) - Glauber Bento

 

da série Zumbis do Sistema - Glauber Bento
da série Zumbis do Sistema – Glauber Bento
da série Musicolisergia – Glauber Bento
da série Musicolisergia – Glauber Bento
A RUA GRITA

Os direitos humanos frente à Cracolândia

Por: Isabel Rabelo  Problemas sociais e falta de políticas públicas abrem espaço para violações em … Continuar lendo Os direitos humanos frente à Cracolândia