24 de setembro de 2015

Multiversos

fla

Cada vez que
Converso
Com meus
Versos,
Deixo
O universo
Ao inverso.

Toda vez
Que me
Disperso,
Imerso
Num mar
De Universos.

São tantos
Universos,
Paralelos,
Que para
Escrever
Formando Elos
Dos mais diversos;

Apenas,
Manifesto, infesto
Esse Universo
Com
MULTIVERSOS,
Confesso.

#Poema Allan Neumann Vaz
#Ilustra Flávia Siervo

 

A RUA GRITA

Volta Negra: a história do negro no Centro de São Paulo

Novo ciclo de caminhadas da Volta Negra começa neste sábado e tem atividades programadas para os próximos dois meses

A RUA GRITA

Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!

Criado pela Cia. Nada Pensativo, peça Cora Primavera aborda questões como transfobia e violência contra … Continuar lendo Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!