09 de outubro de 2015

Dorothy: ‘Plateia é playboy. Grajaú, nós somos a rua, a expressão’


Evento no Calçadão Cutural do Grajaú articula e promove artistas da região


Por Patricia Iglecio
Fotos: Patricia Iglecio

Batalhas de break e de rap, apresentações musicais e discotecagem deram o tom de mais um evento do Grito do Pé Preto, em parceria com o Coletivo Formigueiro, no Calçadão Cultural do Grajaú, no último domingo (4). A ideia é que os moradores do Grajaú se integrem na articulação e produção do evento, além de propiciar um espaço em que os próprios artistas da região possam se apresentar.

A Batalha de break contou com a presença ilustre da Sister Dorothy, dançarina desde os anos 80, da Família Sabotage e do grupo Jabaquar Break, e que participou do documentário do Maestro do Canão. Nice Estrela do grupo Urban Vibe Crew formou a banca de jurados ao lado de Dorothy.  Os jurados davam a letra para quem ficava e quem saia do tabuleiro de danças. Stephany Rojas ganhou a batalha e foi presenteada com um camiseta da Vaidapé e muitos aplausos de toda a galera.

22012660436_569099caa2_o

Quando chegou no Calçadão, Dorothy pegou o microfone e convidou todos que estavam sentados para dançar. “Quem é plateia é playboy. Nós somos a rua, a expressão, vem pra cá dançar. A mulherada pode empinar a bunda e requebrar sem ser objeto sexual”, disse.

Os artistas Pamela Melissa e Octavio Augusto de Souza se apresentaram em grande estilo. O músico independente Tan Clísman também fez seu som. E, para finalizar a noite, Thiago Durap venceu a batalha temática de rap e faz a praça tremer.

No sábado, dia 24 de outubro, vai rolar o III Festival do Grito do Pé Preto no Calçadão. Fiquei ligado e não perca a programação.

CONFIRA MAIS FOTOS

21850678060_12bfae8179_o
21850999308_69f2f45170_o21850989578_0ff64ba0e5_o21416042914_f56f74b0db_o21417712363_120a63d508_o (1)22038858825_fc36e85ed0_o21416030184_d5de5b848c_o22038856075_a9ca9260ae_o22026500342_d83c36a17f_o21850990698_9672a3e84e_o

A RUA GRITA

Volta Negra: a história do negro no Centro de São Paulo

Novo ciclo de caminhadas da Volta Negra começa neste sábado e tem atividades programadas para os próximos dois meses