05 de maio de 2016

Vaidapé distribui 5ª edição impressa em festival no Grajaú


Após o lançamento no CEU Butantã, a revista volta às ruas com evento no Calçadão Cultural do Grajaú


Da redação

No próximo sábado (7) acontece o 2º festival de distribuição da quinta edição da Revista Vaidapé, no Calçadão Cultural do Grajaú, zona sul de São Paulo. O evento será gratuito e contará com apresentações de grupos de rap, reggae e DUB.

CaioPaiva_Lançamento-2
Lançamento Vaidapé #05 no CEU Butantã

As apresentações musicais ficam por conta da Banda Lagarto, Lívia CruzGrajaH, Grajaú Ina Dance, Mano Money’s e Lei Di Dai, além de Dj Crafter, assumindo as picapes.

O evento também contará com o espetáculo de teatro “Uma irremediável Escola” e Open Mic para MCs, poetistas, poetas e quem mais quiser soltar o verbo. A ideia é promover um festival de cultura junto aos moradores da região, dando continuidade as atividades da Vaidapé no Grajaú.

Após um ano sem uma edição impressa, voltamos às ruas com cinco mil exemplares, a maior tiragem desde que começamos a imprimir revistas, no final de 2012. A ideia é que a publicação circule do centro às periferias de São Paulo, ocupe espaços públicos, ruas, praças, encontros, centros culturais, debates, universidades e movimentos sociais.

Veja como foi o lançamento no CEU Butantã

A proposta da revista é debater e divulgar movimentos sociais e a cultura independente, denunciando situações de violência e marginalização. Dentre as pautas da quinta edição, uma investigação sobre as chacinas nas periferias de São Paulo, legalização do aborto e a cultura do funk no país, além de relatos de estudantes secundaristas e reportagens sobre comunidades indígenas e quilombolas.

Onde? Rua Professor Oscar Barreto Filho, 252 – Parque América, São Paulo
Quando? Nesse sábado, 7 de maio, das 16h às 22h
Quanto? Na faixa, é só colar!

Confirme aqui a sua presença

A RUA GRITA

Os direitos humanos frente à Cracolândia

Por: Isabel Rabelo  Problemas sociais e falta de políticas públicas abrem espaço para violações em … Continuar lendo Os direitos humanos frente à Cracolândia