28 de junho de 2016

Argentinos vêm de bike ao Brasil e produzem documentário sobre tribo indígena Pataxó

Nesta quinta-feira (30), em Pinheiros, o documentário “Konehõp Upu Ibá – Os Filhos da Mata”, produzido por coletivo de jovens argentinos, será exibido gratuitamente

Por João Reis e João Miranda
Fotos: Divulgação / En Cleta Vamos

Quando alguns jovens amigos decidiram combinar seus conhecimentos e experiências para trabalhar em um projeto nômade, mal imaginavam que no percurso que fariam pelas terras brasileiras encontrariam tamanha riqueza cultural.

13566992_10210264765361506_8853477172935110036_nDesde dezembro de 2014 o coletivo En Cleta Vamos está viajando o Brasil em cima de suas bicicletas, desbravando e conhecendo diversos territórios indígenas do nosso país. Iniciaram a viagem no Rio de Janeiro, passando por Minas Gerais, Espirito Santo, Bahia e o nordeste brasileiro, terminando a jornada saindo pela fronteira com a Venezuela.

Nessa longa viagem, visitaram a Reserva da Jaqueira, localizada a 13 km ao norte de Porto Seguro, na Bahia. São mais de 30 famílias da etnia Pataxó que vivem para manter sua cultura e preservar os 827 hectares de Mata Atlântica que ainda restam no local. E da convivência entre os argentinos e os indígenas, veio a criação do documentário Konehõp Upu Ibá – Os Filhos da Mata.

13501604_10210264767361556_2352469941330092460_nApós a produção do filme, a viagem deveria seguir em frente. A cada cidade que o coletivo parava para se estruturar, propunham um cine-debate com os moradores da região. Eles acreditam que através de diferentes manifestações artísticas e de intercâmbio cultural, é possível contribuir com um processo de mudança para a sociedade.

Agora o En Cleta Vamos está em São Paulo, e vai exibir o documentário esta quinta-feira (30), em Pinheiros. Para saber sobre outras futuras exibições, conheça a página do coletivo no Facebook.

13516710_10210264764721490_1246727581630166713_nO FILME

Revelando as causas e consequências do massacre dos Pataxós no ano de 1951, o documentário mostra o processo de homologação e demarcação do território indígena e a criação da escola com educação diferenciada dentro da aldeia. Além disso, explora-se as tradições e costumes dos Pataxós em seu dia-dia na Reserva, expondo suas pinturas corporais, a cozinha comunitária, seus rituais, sua vestimenta e até a procura de lenha para as fogueiras da tribo. O documentário também enfatiza a importância das mulheres na construção de sua comunidade.

Após a exibição do doc, o coletivo En Cleta Vamos convida a todos para uma roda de conversa sobre o filme com os integrantes do grupo.

Confirme presença no evento CLICANDO AQUI.
13495028_10210264766201527_9100621118555646849_n

Serviço:
Cine/Debate: Konehõp Upu Ibá, Os filhos da mata

Quanto?
Evento gratuito

Quando?
Quinta-feira (30/06), às 19h15

Onde?
Coletivo Digital [Rua Cônego Eugênio Leite, 1117 – Pinheiros]

A RUA GRITA

Um Passinho à Frente, por favor.

Crônica por: Luis Cosme* Fotos: André Zuccolo, Julia Mente e Gil Silva João Doria não anda … Continuar lendo Um Passinho à Frente, por favor.