02 de junho de 2016

Por Todas Elas (Nós) Mulheres


Pelo fim da violência contra as mulheres, manifestantes protestam em 11 cidades brasileiras


Por Patricia Iglecio
Fotos: Paula Serra, Heloisa Andrade, André Zuccolo e Lucas Crispim

26815544363_22062135c4_b

O Ato Por todas Elas (Nós) reuniu cerca de 15 mil manifestantes na Avenida Paulista, ontem (1). Coletivos feministas e mulheres de todas as idades estiveram nas ruas pela defesa dos direitos das mulheres e contra a cultura do estupro.

Os atos aconteceram em pelo menos 11 cidades brasileiras após o caso de estupro coletivo de uma jovem de 16 anos, na zona oeste do Rio de Janeiro, na semana passada. A vítima foi violentada por 33 homens e vídeos foram disparados nas redes sociais.

27350935161_ebda167251_k

As manifestantes desceram a Rua Augusta e caminharam para o centro da cidade. O ato seguiu sem a truculência da PM e cruzou com a manifestação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), que ocuparam a entrada do prédio onde funciona o escritório da presidência da República, na Avenida Paulista.

Os manifestantes protestavam contra governo do presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), e os cortes ao programa Minha Casa Minha Vida. A PM agiu de maneira truculenta para reprimir o ato, jogou bombas de gás, agrediu manifestantes para reprimir a manifestação e prendeu cinco militantes do MTST.

Uma mulher foi agredida com cassetete e jogada no chão pela polícia ao perguntar sobre os manifestantes presos. As imagens da agressão estão veiculando na internet. As mulheres do MTST aderiram ao ato e fizeram homenagem a militante agredida.

27146487670_ca4acbb2c8_k 27143918970_eace38975f_h 27347194641_03a2c8ea80_b 27347194491_0cb180f4ef_b 27320371442_7b6987b449_b 27320371102_8ac3ce2409_b 27320368852_706d6fb7fd_b 27320370532_17455e0210_b 27422555665_07aab55f9f_k 27146525850_560a5b9d03_k

 

27320370912_1c0d396942_b

27388543236_5a4fc7d87d_b
26813904174_3a29c4407c_k

27320369582_e3da53f6f8_b 26815463143_243c6d902a_k
A RUA GRITA

Volta Negra: a história do negro no Centro de São Paulo

Novo ciclo de caminhadas da Volta Negra começa neste sábado e tem atividades programadas para os próximos dois meses

A RUA GRITA

Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!

Criado pela Cia. Nada Pensativo, peça Cora Primavera aborda questões como transfobia e violência contra … Continuar lendo Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!