15 de agosto de 2016

“..carros com pressa…

carros com pressa
babilônia
não me interessa

olhares desconfiados
não atingem o outro lado
bom dia, boa tarde
pareço um alienado

sociedade de zumbis
na tela do celular
essa cidade
tá longe de ser meu lar

terra do desconforto
cotidiano que suga
que buga
que todo dia
me dá uma surra

/..é soco na cara!
o ódio alimentado
dessa cidade
nunca para

vontade de explodir
se explodir
fugir

é trash
é cash
não me mexe
me impede
falta muito
teti a teti

São Paulo vc é meu maior inimigo!

me corrói
consome
e eu não consigo…”

 

 

.doc – André Zuccolo
.gif – Pedro Mirilli

A RUA GRITA

‘É quando som de preto toca que incendeia o baile’

Cantada pelo músico capixaba Fabriccio, a frase acima integra o single “Teu Pretim”, do disco … Continuar lendo ‘É quando som de preto toca que incendeia o baile’