28 de março de 2017

MST anuncia data para 2ª Feira Nacional da Reforma Agrária

A primeira edição da Feira ocorreu em 2015 e consolidou a chegada em larga escala da produção das áreas de Reforma Agrária ao maior centro urbano do país


Por Movimento dos Trabalhadores Sem Terra
Fotos: Thiago Gabriel

O MST já tem data definida para a segunda edição de sua Feira Nacional da Reforma Agrária, que ocorre no Parque da Água Branca em São Paulo. O evento, com agricultores vindos de acampamentos e assentamentos de todo país, será entre 4 e 7 de maio.

A primeira edição da Feira ocorreu em 2015 e consolidou a chegada em larga escala da produção das áreas de Reforma Agrária ao maior centro urbano do país.

A intenção é dialogar com a sociedade sobre a necessidade de uma transição do atual modelo agrícola (predatório dos recursos naturais) para um modelo que respeite o trabalhador e o meio ambiente.

O discurso se materializa em toneladas de produção saudável. “Viemos partilhar com a sociedade os frutos da luta pela terra e pela Reforma Agrária”, afirma Débora Nunes, da coordenação nacional do MST.

“Com a Feira, podemos dialogar com o conjunto da sociedade sobre a importância e necessidade de realização da Reforma Agrária, como forma de contribuição para resolver problemas estruturais que afetam o campo e a cidade”, alega.

Para a militante, é uma oportunidade de as pessoas que vivem nas cidades (e que geralmente só se conectam ao MST através da imagem que traz a grande mídia), para saborearem as diversas dimensões da vida no campo.

“Não apenas através da comercialização da produção agroecológica, mas trazendo outras dimensões da vida dos assentamentos e acampamentos de todo o Brasil, como a diversidade da culinária da terra, a cultura Sem Terra, a educação, a saúde”, ressalta Nunes.

O Parque da Água Branca abrigará, portanto, um conjunto de feiras, que integram a programação da 2ª Feira Nacional da Reforma Agrária: alimentos saudáveis, literatura, culinária, artes e troca de mudas e sementes. Estes espaços convidam o paulistano a repensar a relação com a terra, com o meio ambiente, com sua alimentação e com a sociedade.

Todas as tardes a Feira se transforma num Festival de Cultura Popular, com atrações gratuitas de renome regional e nacional.

Serviço
O que:
2ª Feira Nacional da Reforma Agrária
Quando: De 4 a 7 de maio
Onde: Parque da Água Branca – São Paulo
Realização: Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

A Vaidapé cobriu a primeira feira, confira como foi

A RUA GRITA

Me excomunguem da Igreja do Ativismo!

Existe uma vertente agressiva do ativismo pela justiça social que silencia e desvia vários de … Continuar lendo Me excomunguem da Igreja do Ativismo!