27 de outubro de 2017

Ajude o mestre da Banda de Pífanos de Caruaru a conhecer o Horto do Padre Cícero

Aos 98 anos de idade, Sebastião Biano é peça fundamental na formação da identidade cultural da região Nordeste e testemunha ocular da história de nosso país. Nascido em Mata Grande (Alagoas) em 1918, começou aos cinco anos de idade a tocar pífano, espécie de flauta tradicional do nordeste brasileiro, e ainda menino se apresentou para ninguém mais, ninguém menos, que Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião. Fundou a Banda de Pífanos de Caruaru e teve suas canções regravadas por artistas como Caetano Veloso e Gilberto Gil.

O Sonho de Sebastião

Em 1926, uma forte seca atingiu o Nordeste e a família de Sebastião teve de se mudar. “Esse ano de 26 ninguém lucrou nada. Nada, nada, nada. A lavoura tava no ponto de começar a criar os grãos do milho e do feijão, e aí começou o Sol. Não teve quem comesse nada da roça.” Então seu pai, Manoel Clarindo, reuniu toda a família e partiram na direção de Juazeiro do Norte como retirantes, a pé. Foram 13 anos de caminhada, sofrendo com diversos períodos de seca e trabalhando de fazenda e fazenda.

Nunca chegaram a Juazeiro do Norte, terra de Padre Cícero, de quem Sebastião é devoto, e foram parar em Caruaru.

Com a ajuda de Junior Kaboclo, seu pupilo e integrante da Banda de Pifanos de Caruaru, Sebatião está agora com uma campanha de crowdfunding para realizar seu sonho de conhecer Juazeiro do Norte e visitar o Horto do Padre Cícero. Para realizar a viagem e gravar um pequeno documentário, Sebastião precisa de ajuda para arrecadar R$15.000. Mais da metade já foi arrecadada e a campanha vai até a próxima terça-feira, dia 31 de outubro.

Acesse a campanha no Benfeitoria e ajude Sebastião Biano a conquistar seu sonho:

https://benfeitoria.com/sonhodesebastiao

A RUA GRITA

Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!

Criado pela Cia. Nada Pensativo, peça Cora Primavera aborda questões como transfobia e violência contra … Continuar lendo Últimos 3 dias para ajudar: Cora Primavera vai às ruas!

A RUA GRITA

Volta Negra: um caminho da História de São Paulo

A caminhada acontecerá por pontos da cidade como a Praça da Liberdade, a estação Anhangabaú de Metrô e a Praça Antônio Prado. Até o século XIX, esses locais sediavam, respectivamente, a Forca, o Mercado de Escravos e a Igreja da Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos.

A RUA GRITA

Entrevistamos a rapaziada que pixou o tradicional Beco do Batman

Os coletivos PIXOAÇÃO e ARDEPIXO pixaram o internacionalmente conhecido Beco Batman que abriga obras dos … Continuar lendo Entrevistamos a rapaziada que pixou o tradicional Beco do Batman

A RUA GRITA

MINI-DOC | “Sem Saldo”

Sem Saldo é mais do que um documentário feito por estudantes secundaristas de escolas públicas … Continuar lendo MINI-DOC | “Sem Saldo”

A RUA GRITA

Menos amor, por favor

Por: Tomás Spirandelli Duarte, do blog La Sinistra* Ilustração: Pedro Mirilli Fotos: André Zuccolo e … Continuar lendo Menos amor, por favor