30 de novembro de 2017

Oficina de fotografia e lambe-lambe vai discutir a arte de rua e ocupação de espaços públicos em São Paulo


O evento acontece neste sábado (2), organizado pela agência e escola de jornalismo Énois, no centro de São Paulo


Texto e fotos: Divulgação

Nos últimos anos, a arte de rua e ocupação de espaços públicos tem sido foco de diversas discussões. Dentro dessas zonas de tensão, sobra espaço para registo e memória?

Como a fotografia pode contribuir para uma cidade feita para pessoas?

Como o lambe-lambe dialoga com o entorno?

Quais os caminhos possíveis entre a fotografia e lambe-lambe e sua relevância nos centros urbanos?

A oficina de Fotolambe com Lucas Hirai e participação dos fotógrafos Fernando Lima e Mateus Rodrigues quer propor uma imersão para debater essas questões, desenvolver e ampliar a linguagem visual por meio de três etapas: produção de imagens realizada em uma saída fotográfica; intervenção nas fotos por meio de colagens; e recortes e aplicação nas ruas no formato lambe-lambe. Criando um diálogo com a cidade, devolvendo para a rua as memórias e percepções deste encontro.

Lucas Hirai é artista visual e fotógrafo de São Paulo. Seus trabalhos autorais residem na fotografia de rua, explorando as dinâmicas de centros urbanos. Também desenvolve pesquisas em foto, colagem, paper cutting e lambe-lambe. “O lambe-lambe é um meio muito barato e versátil, que pode abrigar os mais variados estilos de produção e criar um diálogo muito direto com o local em que é colado”, diz.

A oficina vai rolar num espaço muito especial da cidade, a sede da Énois, uma agência e escola de jornalismo que quer discutir e experimentar caminhos para a área nos próximos anos. O local fica localizada ao lado da estação Armênia do metrô.

Com um núcleo de jovens de 16 a 21 anos, de diferentes áreas do conhecimento e também da cidade – principalmente das periferias de São Paulo – a Énois propicia um ambiente para os estudantes pensarem pautas e produzirem reportagens, criando protótipos de formatos e construindo ferramentas que ajudam a refletir sobre a existência do jornalismo no futuro.

Veja como foi a última oficina no Sesc 24 de Maio:


MARQUE NA AGENDA:


O quê: Oficina de Fotografia e lambe-lambe com Lucas Hirai, Fernando Lima e Mateus Rodrigue

Quando: Sábado, dia 02 de dezembro, às 9h30

Onde: Rua Alfredo Maia, 506, Luz – São Paulo

Para Maiores informações e inscrições acesse: https://goo.gl/hXtgd6

A RUA GRITA

Como Dória pode legislar sobre o que é lindo?

Por: Gabriel Kerhart É possível legislar sobre o belo? Talvez um professor de estética consiga … Continuar lendo Como Dória pode legislar sobre o que é lindo?

A RUA GRITA

Em família: a resistência LGBT na periferia da zona sul

“Há momentos de tristeza, mas há momentos de alegria também. Ninguém é 100% uma coisa. … Continuar lendo Em família: a resistência LGBT na periferia da zona sul

A RUA GRITA

Como o hospital da USP ficou à beira do abandono

Faculdade que gerencia o hospital alega falta de recursos. Coletivos e população lutam para que … Continuar lendo Como o hospital da USP ficou à beira do abandono